Jovem revela: “Eike me inspirou a sonhar grande”

Slide-Luis-FernandoO jovem Luís Fernando Câmara, mesmo com 24 anos, tem um vício: empreender. No entanto, para chegar onde chegou com pouca idade – possui duas farmácias, duas escolas de oratória e uma empresa de eventos empresariais – foi necessário dar duro e buscar referências empresariais, principalmente por ter vindo de uma família de classe média baixa.

Antes mesmo de completar duas décadas de vida Luís Fernando já corria atrás de empreendedores. Certa vez, via Twitter, conseguiu contato com um dos maiores do Brasil: Eike Batista. Foram muitas trocas de DM (mensagens particulares) até que um dia, para a sua surpresa, teve a oportunidade de conhecer o famoso empresário pessoalmente.

“Foi incrível porque ele demonstrou muita humildade, além de disposição para ser ‘professor'”, disse o jovem empreendedor.

Em um bate-papo com o #EikeTudoPeloBrasil, Luís Fernando mostrou confiança na volta por cima de Eike e, inclusive, revelou que gostaria de repetir ao empresário uma frase que ouviu do próprio há quatro anos.

 

luis-fernando-camara
Luís Fernando Câmara

Confira o bate-papo na íntegra:

 

#EikeTudoPeloBrasil – Como surgiu a admiração que você tem pelo Eike?

Luís Fernando Câmara – Como nasci em uma família de classe média baixa tive que empreender muito cedo, e para isso busquei referências empresariais. Surpreendentemente o Eike foi o que mais me deu atenção, e até me convidou para almoçar no Rio de Janeiro. Foi incrível porque ele demonstrou muita humildade, além de disposição para ser um ‘professor’.

 

#EikeTudoPeloBrasil – Você acredita que a sua vida profissional é diferente por conta do contato que teve com o Eike?

Luís Fernando Câmara -O aprendizado e o contato com o Eike foram fundamentais na minha trajetória empresarial. Apesar de estar apenas começando, com 24 anos, criei três empreendimentos devido a inspiração em Eike Batista. O Eike me inspirou a sonhar grande, e desde o encontro com ele até hoje montei duas farmácias, duas escolas de oratória e uma empresa de eventos empresariais. Tudo isso está em plena operação no interior de São Paulo, mas tenho como objetivo expandiar em todo o Brasil. Não tenho dúvidas de que vou conseguir, pois com os ensinamentos do Eike aprendi a ousar mais e, principalmente, a ter perseverança para colocar todos os empreendimentos de pé.

 

#EikeTudoPeloBrasil – Recentemente o próprio Eike admitiu erros, mas prometeu: “I’ll be back”. Você acredita numa volta por cima?

Luís Fernando Câmara -Acredito muito! A competência que o Eike vem mostrando em tantos anos empreendendo é a prova disso. Ele ainda é jovem, por isso acredito que o Eike vai continuar encantando e surpreendendo. Agora, com relação aos erros, qual empreendedor que não erra? Eu não conheço. No vale do Silício todo mundo respeita o empreendedor que erra. É esse que continua tentando e assim realiza grandes obras. Está na hora dos brasileiros acordarem, temos que tirar o chapéu para quem coloca o capital em risco em busca de realizar grandes projetos. No pico das obras o Eike gerava milhares de empregos, quem foi visitar ficou boquiaberto, sendo que muitos projetos ainda estão em andamento.

 

#EikeTudoPeloBrasil – Existe alguma realização do Eike que você gostaria de destacar?

Luís Fernando Câmara – Uma realização não, várias. O Superporto do Açu é um legado para o Brasil. As termoelétricas da MPX estão funcionando. A mina de La Coipa foi um sucesso no Chile. Tem muita obra do Eike que está aí para qualquer um conhecer, sem contar as doações que o mesmo fez. Tem UPP, Lagoa Rodrigo de Freitas, hospitais… Além de ser um grande empreendedor, sempre foi generoso com o próximo.

 

#EikeTudoPeloBrasil – O que gostaria de dizer ao Eike caso o encontrasse novamente?

Luís Fernando Câmara – Gostaria de agradecer à ele pela influência e por ter me atendido quando pensei em desistir. Repetiria o que ele me disse há quatro anos: ‘Persista em sua trajetória e não desista nunca. O Brasil precisa de empreendedores iguais à você’.